Perda de peso não é sinónimo de emagrecimento

Perda de peso não é sinónimo de emagrecimento

Pois é, engane-se quem pensa que a perda de quilogramas (Kg) na balança, é sempre sinónimo que emagreceu. Este valor apenas informa o peso que cada indivíduo apresenta, não revelando a percentagem de massa magra e massa gorda constituintes do organismo, nem tao pouco a gordura que apresenta na zona abdominal, nomeadamente à volta dos órgãos. Esta última, está intimamente relacionada com o risco de doenças cardiovasculares, sendo de máxima importância a sua vigilância.

O emagrecimento está relacionado apenas com a perda de massa gorda, já que a perda de peso implica uma diminuição de massa corporal.

Para ser mais esclarecedora, vou dar um exemplo. Um indivíduo que iniciou um programa de emagrecimento, e ao fim de 15 dias perdeu 2 Kg. Neste caso, apesar de ter diminuído o peso não significa que emagreceu, caso esses 2 Kg tenham resultado de uma diminuição de massa muscular, podendo até ter sido acompanhado de aumento de massa gorda (massa que pesa bem menos que a massa muscular, e por isso não se reflete tanto ao nível dos Kg da balança).

Como vê, a ajuda de um profissional de saúde na área é imprescindível quando se trata de aumento ou perda de peso, para que possa ser avaliada a sua composição corporal, bem como fornecidas dicas que ajudem a atingir os seus objetivos de uma forma mais rápida e eficaz. Marque aqui a sua consulta de nutrição e saiba mais sobre alimentação!

Para mais informações entre em contacto connosco: https://catarinafialho.com/