A Zona De Conforto É Inimiga Da Progressão

Aos adeptos da zona de conforto deixaremos algumas dicas para aos poucos
melhorar a prestação, contrariando as práticas e o estilo de vida sedentário:
• Durante as sessões de treino, pontualmente devemos tentar elevar a
nossa frequência cardíaca por forma a tornar a prática desportiva
estimulante obrigando o nosso corpo a adaptações, tornando-o assim
mais eficiente.
• Os cardiofrequencimetros e os receptores de pulso são gadgets que nos
ajudam a parametrizar algumas variáveis. No que respeita a “escutar” o
coração em particular, os cardiofrequencimentros conseguem registar as
bpm (numero de contracções do coração num minuto) e ajudam a
interpretar o nosso coração. Assim sendo e com uma zona alvo de treino
definida temos a garantia de que o treino é seguro, estimulante e
especifico, tendo em conta a real condição física do praticante.
• Nos nossos smartphones podemos escolher instalar aplicações que nos
auxiliam incentivando a prática de actividade física e assim reduzindo os
momentos mais sedentários.
• O melhor exercício é sempre aquele que conseguimos cumprir! Posto isto
aos iniciantes pode ser aconselhado começar com rotinas de treino de
curta duração onde os tempos de descanso não comprometem o plano de
treino e a sua eficácia.
• Treina com um profissional qualificado e que saiba escutar as tuas reais
necessidades, quando iniciares o teu plano de treino lembra-te que não se
trata de mais um afazer sem conteúdo, treinar é investir na saúde e saúde
é autonomia que normalmente se materializa em: futuro de qualidade.

Elaborado por:
Filipe da Silva Batalha e Solange Catarina Alves dos Santos, Estúdio Treino

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Marcação de consulta
Patologias digestivas
Outros
Alterações emocionais
Distúrbios do Sono
Dor e Processo Inflamatório
Patologias respiratórias
Sistema urinário
Patologias de Pele
Saúde cardiovascular
Saúde mulher
Obesidade